Candidata já chegou a dormir na rodoviária para participar do concurso

SONY DSCSONY DSC
Contratar carro de som, dormir na rodoviária são algumas das loucuras que as candidatas a Rainha do Carnaval de Salvador já fizeram para tentar se eleger. Laiana Bispo do Rosário, 22, representou bem esse papel. Moradora de Serrinha, a 200 km de Salvador, ela viajava de ônibus à capital baiana para participar de todas as etapas do concurso.

Em uma dessas viagens ela perdeu o transporte com destino a Camaçari, Região Metropolitana, e a única solução foi dormir na rodoviária, em vez de ficar na casa dos parentes. “Mas eu não me arrependo e faria tudo de novo, pois adoro participar desses concursos. Eu já participei de uns sete até hoje”.

A relação de Laiana com os concursos é de vitórias e derrotas. O melhor de todos os resultados foi a eleição de musa Peróla Negra de Serrinha, quando tinha apenas 17 anos. Em 2010 e 2011, ela tentou ser a Rainha do Carnaval de Salvador, sempre se classificando entre as 12 finalistas. “Esse era na realidade o meu grande sonho, pois gosto muito de carnaval”, disse a agora comissária de bordo e estudante de Engenharia.